Na Prática a Teoria é Outra Rotating Header Image

charges & tiras

Dia de Blog: XKCD

Se tem um troço que tem cara de cultura blogueira, é o XKCD. Nerd, faça-você-mesmo e engraçado.

A Divina Comédia, por Laerte

clique que amplia

Eu

(do Blog dos Malvados)

Stand Up Tragedy

Do sempre fera Arnaldo Branco, que se inspirou em idéia desse cara aqui.

Angeli manda ver

Saiu na Folha hoje. Ou seja: Serra + Lula = Ben Bernanke.

Inferno

(xkcd)

Lindo

imagem: twitter da @alesie

Bom, quando eu falo mal, eu falo mal, quando eu falo bem, eu falo bem. Muito boa idéia O Globo dar tantas páginas para o Galuco no primeiro caderno hoje. É uma notícia política, mesmo, uma baixa nas fileiras de uma certa maneira anárquica de ver o país. E absolutamente linda a homenagem da Folha hoje, que saiu com a seção de quadrinhos, a charge da página 2 e a ilustração da página 3 em branco, além de ter editado um belo caderno especial sobre o cara.

Só soube da homenagem da Folha de tarde, e foi difícil achar um jornaleiro no Rio que ainda tivesse a Folha de hoje. Agradeço ao cara da Duvivier por ainda ter uma.

Não é todo dia que vemos o Brasil reconhecendo tão rápido seu patrimônio cultural. Se bobear, é capaz de estarmos progredindo, mesmo.

UPDATE: dica do Radical Livre, homenagem ao Glauco.

Ah, não, o Glauco não

Mataram o Glauco. Até o momento em que escrevo, ainda não está muito claro o motivo do assassinato. Para tornar tudo pior, mataram o filho dele junto.

Dos três amigos, o Glauco era o mais punk. O Laerte é virtuoso, o Angeli é visceral, o Glauco juntava um desenho ousado pra cacete (os vários braços e pernas das personagens, os perfis torcidos inacreditáveis em que apareciam ao mesmo tempo a bunda e a genitália do personagem) e um humor diretão, bem escrachado. Entre os três, dava liga.

Além dos imortais 3 amigos, o que eu mais gostava no trabalho do Glauco era o casal Neuras (que já usei aqui para ilustrar meu relacionamento com o PT).

Nos últimos tempos, Glauco vivia voltado para a espiritualidade, ligado a uma igreja lá do Santo Daime (do tempo em que se sabia fazer tea party). Era meio claro nas últimas tiras que ele não estava mais afim de fazer personagem, eu acho. Seu material melhor era aquele das grandes, maravilhosas, revistas dos anos 80, de capa colorida e miolo de papel jornal preto-e-branco: Geraldão, Circo, Piratas do Tietê, Chiclete com Banana.

Que, por toda eternidade, León de Tchácara compartilhe a cela de quem matou o pai do Geraldão.

Laerte de novo

You have failed me for the last time


XKCD é tão bom que, se você começar a postar todas as boas, não faz outra coisa. Mas essa não teve jeito.